Inicio > Revista Gerência de Riscos e Seguros > Notícias > Termina a 28ª edição das Jornadas Internacionais Global Risks da MAPFRE

Termina a 28ª edição das Jornadas Internacionais Global Risks da MAPFRE

Na sexta-feira, 24 de junho, terminaram as Jornadas Internacionais ocorridas na cidade de Palma de Mallorca

 A cidade de Palma de Mallorca recebeu mais de 400 gerentes de riscos e especialistas do setor segurador em sua 28ª edição, com o lema Garantindo juntos um mundo sustentável.

Bosco Francoy encerrou as sessões técnicas com uma série de conclusões importantes, destacando que estamos em uma situação financeira e social complicada e incerta com a qual devemos aprender, transformando-a em oportunidade.

A instabilidade mundial e as incertezas climáticas (guerra, inflação, eventos catastróficos) causam efeitos no mercado de resseguros com o claro endurecimento dos termos.

Além disso, o impacto dos aspectos sociais, ambientais e governamentais nas nossas atividades é uma realidade importante do negócio que se reflete em todos os processos das organizações.

As empresas espanholas do setor energético estão totalmente envolvidas na sustentabilidade e um dos principais desafios é reduzir a incerteza do setor segurador para a transição verde.

Por outro lado, devemos nos lembrar da importância das grandes infraestruturas críticas de serviços e do trabalho de proteção sobre as ameaças que recaem sobre elas em um sistema público-privado, pois não há concorrência entre empresas na hora de garantir a segurança dessa categoria de infraestrutura.

Outra das questões sobre as quais se alertou é que há um déficit de cobertura e que os modelos de colaboração público-privada podem ajudar a compensar essa deficiência. Além disso, o cliente continua sendo o foco. O poder das empresas foi transferido ao cliente e é fundamental concretizar uma estratégia de clientes com um serviço mais personalizado.

Por último, chegou-se à conclusão de que o setor segurador traz a sustentabilidade em seu DNA.

O presidente da MAPFRE, Antonio Huertas, encerrou as Jornadas indicando que a pandemia da COVID-19 atrapalhou todas as previsões, mas que este é o momento de recuperar o controle e “aproveitar a oportunidade histórica” que a atual geração tem de acelerar a estratégia de sustentabilidade e cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

donwload pdf
Nicarágua: perspectivas econômicas e comerciais

Nicarágua: perspectivas econômicas e comerciais

Com perspectivas de estabilidade econômica, muito marcadas pelo consumo privado, e com o objetivo de continuar ampliando seu comércio e projeção internacional, a Nicarágua enfrenta o desafio de consolidar seu programa de energia renovável e continuar criando emprego...

ler mais
Lições aprendidas com o derramamento de pellets

Lições aprendidas com o derramamento de pellets

Passaram-se dois meses desde o derramamento de pellets em praias espanholas e, enquanto os trabalhos de limpeza continuam, as consequências legais e o impacto na regulamentação internacional são alvo de debate no setor de transporte marítimo. O recente despejo de...

ler mais
O subscritor de riscos, o que você sabe?

O subscritor de riscos, o que você sabe?

Existe um profissional que se ocupa de avaliar os riscos de um seguro, buscando o equilíbrio entre garantir as necessidades do cliente e a rentabilidade do negócio. É o subscritor de riscos, uma função em alta no ambiente digital. Mas, o que há por trás do processo de...

ler mais