Home > Revista Gerência de Riscos e Seguros > Notícias > Principais conclusões do último relatório de Serviço de Estudos MAPFRE: “O mercado segurador latino-americano em 2017”
webianr

Principais conclusões do último relatório de Serviço de Estudos MAPFRE: “O mercado segurador latino-americano em 2017”

O relatório, apresentado durante o webinar “Economia e Seguros na América Latina”, assinala que o mercado segurador latino-americano cresceu 8,6% em 2017 alcançando os 159.000 milhões dólares. Além disso, aumentaram o índice de penetração e o nível de aprofundamento do seguro na região.

De acordo com o relatório elaborado pelo Serviço de Estudos MAPFRE e editado pela Fundación MAPFRE “Em 2017, o mercado segurador na América Latina e Caribe melhorou 8,6% seu crescimento em prêmios alcançando os 159.217 milhões de dólares em 2017, 54,6% dos quais registrados em Não Vida e 45,4% em Vida.

Também, os prêmios dos seguros de Vida aumentaram 9% em 2017 (registro de 7% em 2016) e os seguros Não Vida 8,2% (registro de queda de 3,1% no ano anterior).

O bom comportamento econômico e maior capacidade aquisitiva da população e empresas contribuíram ao aumento do negócio de não vida, influenciado pelo aumento no segmento de Automóveis (aumento de 9,3% comparado com -4,9 de 2016), e que contribuiu a 19,2% dos prêmios totais.

A análise mostra que  a maioria dos mercados registraram crescimentos positivos do prêmio em moeda local e em termos reais, com algumas exceções: Argentina, Brasil, Chile, El Salvador, Peru, Porto Rico e Venezuela. Os mercados da Argentina, Brasil e Venezuela tiveram crescimentos em termos nominais, mas passaram por decréscimos reais pelo efeito da inflação. Porém, a grande maioria dos mercados apresentaram crescimentos no volume do prêmio medido em dólares.

Características de seu desenvolvimento

A análise destaca uma melhoria da cota de mercado nesta região, que atinge 3,4% dos prêmios de seguros no mundo todo.

 

A participação do mercado segurador latino-americano no total mundial aumentou de forma sustentada com o tempo, tanto no segmento de Vida como no de Não Vida, até 3,4% em 2017, ainda distante dos grandes mercados regionais mais desenvolvidos, o qual mostra o potencial do mercado da região.

 

O desenvolvimento do setor na América Latina caracteriza-se pela elevação sustentada dos níveis de penetração e pelo aumento contínuo dos níveis de aprofundamento do seguro, tendência estrutural que diferencia de forma significativa à indústria seguradora da região em relação com outras e fator que indica as perspetivas futuras para seu desenvolvimento.

 

O relatório mostra que o seguro latino-americano ainda tem muito que percorrer para atingir os índices de penetração e densidade dos mercados avançados, e reduzir assim sua lacuna de garantia.

 

Analisando a evolução do indicador de penetração desde 2007, observa-se um aumento de 0,6 pontos, confirmando a tendência crescente durante a última década, à qual contribuiu em maior medida o desenvolvimento dos seguros de Vida e, com menor intensidade, o dos seguros de Não Vida. Na análise em meio prazo o indicador de aprofundamento também melhorou, com um aumento acumulado de 8,8 pontos e um crescimento acumulado de 24,1% nesse período.

 

Quanto à Lacuna de Proteção do Seguro (BPS), que representa a diferença entre a cobertura de seguros que é economicamente necessária e vantajosa para a sociedade e a quantidade dessa cobertura efetivamente adquirida, situa-se para este mercado em 256 bilhões de dólares, depois de crescer 5,2% em relação à estimativa de 2016.

Perspectivas econômicas 2018

 

O Serviço de Estudos da MAPFRE também revela em sua análise, suas perspetivas de crescimento econômico que, em nível global, poderiam ser de aproximadamente 3,8%, cerca de 2% para os mercados desenvolvidos e de 4,9%, para os emergentes.

 

A análise indica para este ano uma tendência de continuidade do crescimento da economia global e certa divergência na política monetária, com níveis contidos de inflação. Em relação aos riscos, avisa sobre os riscos emergentes e problemas geopolíticos globais.

 

Por último, para cada um dos mercados analisados inclui uma análise particular dos principais indicadores de desempenho e tendências estruturais, e uma descrição de aspetos regulamentares importantes.

 

donwload pdf
Resumo de quinta-feira – Jornadas Internacionais XXIX

Resumo de quinta-feira – Jornadas Internacionais XXIX

Quinta-feira, 6 de junho Eduardo Pérez de Lema, presidente da MAPFRE Global Risks, recebeu centenas de participantes que lotaram o grande auditório FYCMA em Málaga, cidade anfitriã das Jornadas Internacionais da empresa em seu décimo quinto aniversário. Após traçar um...

ler mais