Home > Revista Gerência de Riscos e Seguros > Notícias > Confiança, profissionalismo e compromisso, valores chave da MAPFRE para enfrentar a incerteza e um mercado endurecido
Captura-de-pantalla-2020-11-25-152313

Confiança, profissionalismo e compromisso, valores chave da MAPFRE para enfrentar a incerteza e um mercado endurecido

Bosco Francoy, CEO da MAPFRE Global Risks, apresentou as conclusões principais após finalizar a última sessão das Jornadas Global Risks para América Latina, enquanto Aristóbulo Bausela, CEO Territorial LATAM da MAPFRE, esteve a cargo das palavras de encerramento do evento, que mais de 1.700 profissionais do âmbito dos Grandes Riscos acompanharam ao vivo durante as duas jornadas.

As Jornadas Global Risks para a América Latina concluíram ontem com uma mensagem clara: nos atuais tempos de incerteza e com um mercado endurecido em todos os setores, o valor e o apoio representados por uma companhia como a MAPFRE são chave.

Esta asseveração foi expressada nas conclusões expostas por Bosco Francoy, CEO da MAPFRE Global Risks, ao finalizar as Jornadas e durante todas as palestras que os especialistas da entidade realizaram no decorrer das diversas sessões técnicas ministradas durante os dias 23 e 24 de novembro.

A inovação na MAPFRE só é entendida se oferece valor ao negócio

A sessão do dia 24 começou com uma palestra de José Antonio Arias, Chief Innovation Officer da MAPFRE, quem brevemente apresentou o que significa a inovação para a MAPFRE, em que consiste MAPFRE Open Innovation (MOI) e as oportunidades que proporciona através dos diferentes projetos impulsionados.

“A inovação na MAPFRE não faz sentido se não gerar valor para o negócio”, salientou José Antonio Arias, uma contribuição de valor que deve alcançar a todos os âmbitos, ao cliente, aos brokers e à seguradora.

Transportes, um mercado amadurecido e muito especializado

Posteriormente, foram iniciadas as palestras técnicas que começaram com a intervenção de José Manuel Castillo, chefe da Assinatura Transportes da MAPFRE Global Risks.

Em primeiro lugar, José Manuel brindou uma perspectiva global do mercado internacional de Transportes e de suas especificidades.

Segundo comentou José Manuel, o mercado de seguros de Transportes é um mercado amadurecido e muito complexo, que teve resultados técnicos globais que comprometem sua viabilidade, fato que originou a retirada de algumas companhias do setor e que ainda sofreu a crise derivada da COVID-19.

Diante destas circunstâncias, que deram lugar a um mercado endurecido, José Manuel insistiu na relevância de contar com uma companhia como a MAPFRE, que mantém um compromisso de longa data com a América Latina, com profundo conhecimento dos riscos e capaz de oferecer uma solução adequada e rentável para os clientes.

Na MAPFRE, continuamos apostando de maneira firme pelo setor da Energia

Por sua vez, Alberto Mengotti, diretor da área de Energia e Construção da MAPFRE Global Risks, ofereceu a visão dos mercados energéticos.

A palestra de Alberto girou em torno de dois grandes eixos: por um lado, a visão global do mercado de Petróleo e Gás, e o de Energia e Renováveis a partir da perspectiva seguradora, e pelo outro, a proposta da MAPFRE para seus clientes, oferecendo apoio para enfrentar a complexa situação.

Segundo apresentou Alberto, em Downstream, a elevada sinistralidade dos últimos anos teve a inclusão do forte impacto da pandemia no setor, que originou a retirada de capacidade e causou um forte endurecimento do mercado.

Quanto ao setor de Energia e Renováveis, apesar de também ter sido afetado pelo endurecimento do mercado, o impacto nas companhias do setor elétrico foi mais moderado.

Na sua mensagem final, Alberto salientou que na MAPFRE continuamos apostando de maneira firme pelo setor da Energia, mantendo nossas capacidades nestes duros momentos para os clientes e com uma aposta clara por apoiar o desenvolvimento das energias renováveis.

Líderes em aviação na América Latina

Cristina Quintero, chefe da Assinatura Aviação e Espaço da MAPFRE Global Risks, realizou um breve resumo da situação atual que experimenta a indústria da aviação, um dos setores mais afetados pela crise da COVID-19, após assistir à queda drástica de sua atividade como consequência das sérias restrições à mobilidade dispostas para combater a pandemia.

Segundo acrescentou Cristina, o mercado de seguros de aviação continua em um ciclo duro, que começou no final de 2018 após muitos anos de ciclo suave. Em relação à evolução das taxas, explicou, mantém-se o incremento, ainda que com um prêmio mais ajustado pela diminuição da atividade.

Os seguradores de aviação devem acompanhar os clientes em suas diferentes realidades, demonstrando flexibilidade, capacidade de adaptação e inovando com novos produtos, asseverou Cristina. Ela também destacou que “a MAPFRE é uma companhia líder em aviação na América Latina, líder em programas internacionais, que conta com equipes especializadas a nível local nas diferentes entidades MAPFRE da região, conhecedoras do mercado e que aposta pelas relações a longo prazo”.

Após sua participação, Paola Serrano, CRMO Latam e Internacional, que atuou como moderadora durante todo o evento, encerrou o programa de sessões técnicas e se despediu com o desejo de que a próxima edição, prevista para 2022, possa ser realizada como era habitual, em formato presencial, dando continuidade à fase de exposição das conclusões e encerramento.

Os valores chave da MAPFRE

Bosco Francoy, CEO da MAPFRE Global Risks, apresentou as conclusões gerais das diferentes sessões técnicas, que em linhas gerais trataram do endurecimento generalizado do mercado em todos os setores, do impacto da crise sanitária neles e das perspectivas de futuro. Um endurecimento de mercado causado por ter experimentado um período prolongado de queda de condições, consequência natural do desenvolvimento próspero das economias, mas que com o decorrer do tempo erodiu de maneira importante as margens da atividade, conforme concluiu Bosco.

“Somos um setor que deve trasladar solvência, que deve trasladar seriedade e isto obriga a nos desenvolvermos com a rentabilidade adequada para nossa atividade”, acrescentou.

Por sua vez, Aristóbulo Bausela, CEO Territorial LATAM, somou-se a esta mensagem enfatizando 3 palavras que conforme indicou, representam valores chave da MAPFRE neste momento de incerteza e em relação ao futuro para os clientes: confiança, pela fortaleza e seriedade, profissionalismo, proporcionado por sua equipe de especialistas, e compromisso, por sua vocação de estabelecer relações a longo prazo.

Nos próximos dias, compartilharemos o detalhe com as conclusões de cada palestra. Assim mesmo, gostaríamos de lembrar que podem acessar em todo momento as informações e a documentação disponível na seção Eventos do site da MAPFRE Global Risks, no espaço destinado às Jornadas Global Risks América Latina.

donwload pdf
O desembarque da inteligência artificial na logística

O desembarque da inteligência artificial na logística

A Inteligência Artificial está transformando o comércio marítimo, favorecendo a otimização de rotas logísticas e recursos ambientais. Para atingir todo o seu potencial, é necessário integrar sua tecnologia com outras e treinar adequadamente os profissionais do setor....

ler mais
É possível prever eventos climáticos extremos?

É possível prever eventos climáticos extremos?

Furacões, terremotos e tempestades danificam áreas geográficas expostas a esse tipo de eventos climáticos extremos a cada temporada. Setores estratégicos trabalham para proteger as infraestruturas e a população, mas com que precisão é possível prever seu impacto? O...

ler mais