Como as tecnologias de drones auxiliarão a MAPFRE a melhorar decisões baseadas em dados


Diversos casos de uso, baseados em soluções de drones e análises de dados de imagem, já estão sendo investigados ou implementados pelas companhias de seguros atualmente, visando mitigar riscos e manter o controle sobre os custos do tratamento de reclamações. Modelização de cheias, avaliação de ativos, avaliação de áreas de difícil acesso e mapeamento de danos após tempestades são alguns dos casos de uso mais relevantes para começar. Este artigo analisa seus benefícios através do um projeto de Prova de Conceito conjunto realizao pela MAPFRE com a PwC da Espanha e a PwC Drone Powered Solutions, o centro global de excelência da PwC dedicado à tecnologia de drones e à análise avançada de dados de imagem, com foco no setor de mineração.

Atualmente, as seguradoras estão enfrentando novos desafios decorrentes da capacidade de cobrir reclamações de seguros mais difíceis em períodos de tempo mais curtos e com maior precisão, à medida que os desastres naturais se intensificaram nas últimas décadas em termos de imprevisibilidade, frequência e severidade. Duas consequências principais podem ser derivadas desses desafios. A primeira delas é que as companhias de seguros costumam se agrupar para segurar grandes clientes, devido ao aumento da incerteza e, portanto, do risco. A segunda é que, em um mundo cada vez mais digitalizado, as seguradoras precisam contar com as ferramentas certas para tomar as decisões corretas, baseadas em dados referentes a ativos e entidades que elas escolhem para segurar em um curto espaço de tempo.

 

A tecnologia de drones apresenta uma série de benefícios para as seguradoras e se destaca como uma aliada confiável na hora de coletar, medir e quantificar dados incontestáveis de alta qualidade. Como resultado, a imagem aérea e os dados 3D resultantes são uma das ferramentas mais prospectivas para prevenir e mitigar riscos. Além disso, dependendo dos casos de uso e do tamanho da área a ser avaliada, os drones, as imagens de satélite ou as plataformas alternativas, como helicópteros ou aviões, costumam ser úteis.

 

Para garantir uma posição de liderança na era digital, a MAPFRE começou a pesquisar os potenciais benefícios da inclusão de dados aéreos na avaliação e mitigação de riscos globais, para substituir métodos tradicionais e menos eficazes, bem como para melhorar os processos de tratamento de reclamações. Portanto, a MAPFRE realizou um projeto de Prova de Conceito conjunto com a PwC da Espanha e a PwC Drone Powered Solutions, o centro global de excelência da PwC dedicado à tecnologia de drones e à análise avançada de dados de imagem, com foco no setor de mineração.

Uma frequente característica das reclamações envolvendo mineração é a alta intensidade de perdas que influenciam toda a cadeia de valor. Mitigar e ter melhor controle dos riscos relacionados a desabamentos, movimento de terras, segurança de equipamentos e pessoas, bem como a continuidade do trabalho, são chaves para o entendimento efetivo e o seguro certo nas operações de mineração. O projeto revelou o potencial disruptivo dos dados gerados com o uso de drones e análises avançadas de imagens para o setor de mineração e além.

Como as imagens 2D são transformadas em precisos modelos 3D?

Antes de continuar, vamos olhar para a tecnologia em si mesma. Um drone ou veículo aéreo não tripulado (VANT) é uma plataforma de sensoriamento remoto que pode ser equipada com vários sensores usados para capturar dados aéreos. Embora um drone possa ser equipado com vários sensores, como scanners de laser ou câmeras térmicas, a maioria dos projetos, como inspeções de ativos ou mapeamento, requererá câmeras digitais de alta resolução.

Mas o hardware em si é apenas uma pequena parte do panorama geral. E a questão fica interessante quando os drones são combinados com a ciência da chamada fotogrametria, que permite transformar imagens bidimensionais em modelos de engenharia 3D. Para isso, centenas de imagens sobrepostas obtidas por drones serão processadas para criar produtos técnicos, como nuvens de pontos 3D e ortofotomapas com resolução de até 1 cm e precisão no nível de levantamento geodésico altamente exato (ver figura 1 abaixo).

Figura 1 No lado esquerdo, os dados de imagem 2D e a medição de campo coletados usando drones são convertidos em representações 3D precisas da área com alta precisão.

Onde o setor de seguros pode se beneficiar com o atual uso dos drones?

Diversos casos de uso, baseados em soluções de drones e análises de dados de imagem, já estão sendo investigados ou implementados pelas companhias de seguros atualmente, visando mitigar riscos e manter o controle sobre os custos do tratamento de reclamações. Modelização de cheias, avaliação de ativos, avaliação de áreas de difícil acesso e mapeamento de danos após tempestades são alguns dos casos de uso mais relevantes para começar.

Figura 2 Dados aéreos que permitem simulação de área alagadas

A modelização de cheias, baseada em dados de drones, permite simulações de enchentes altamente precisas para instalações específicas.

Com o crescente número e a imprevisibilidade dos desastres naturais, as enchentes tendem a ocorrer em locais inesperados com maior gravidade. A maioria dos modelos de enchentes atualmente toma como base dados do governo estadual ou local com baixo nível de detalhes.

Algoritmos avançados de modelização de vazão de água podem fornecer simulações de enchentes precisas no nível da fábrica ou planta. Com essa granularidade de informações, as seguradoras obtêm dados detalhados que as ajudam a entender qual seria o risco dos principais ativos e da continuidade operacional.

Inspeções aéreas de ativos para valoração e avaliação de condições evitam a descontinuidade das operações

Hoje em dia, a valorização de ativos é realizada manualmente, podendo até exigir o encerramento das operações e expondo as equipes de campo a riscos. A tecnologia dos drones, juntamente com a análise dos dados de imagens, possibilita uma análise mais rápida e segura do número e da qualidade dos ativos fixos. Os modelos de IA são capazes de detectar modos de falha de equipamentos para evitar caras descontinuidades de operações. Consequentemente, as companhias de seguro têm um melhor controle dos riscos operacionais com base na estimativa de condição dos ativos, enquanto protegem suas equipes no campo.

Avaliação remota de áreas difíceis de alcançar

Figura 4 Dados aéreos da área isolada e perigosa para avaliação remota

Muitas instalações seguradas se encontram espalhadas pelo mundo, muitas vezes em locais difíceis de alcançar e perigosos. Dados de drones capturados por provedores de terceiros podem ser usados para avaliar o local de maneira remota e/ou fornecer dados quando o acesso de pessoas é arriscado e difícil, como encostas íngremes ou terrenos instáveis.

Mapeamento e avaliação de danos em propriedades e áreas após tempestades

Depois de uma tempestade, há uma necessidade de avaliação rápida para prosseguir com os processos de tratamento de reclamações. A documentação altamente detalhada e precisa, obtida a partir de dados aéreos, transforma o drone na melhor ferramenta remota para implantar e mapear rapidamente uma área ou avaliar propriedades após desastres naturais, para fins de estimação de danos. O mapeamento por drones baseado em documentação pode reduzir o tempo de avaliação e, portanto, o tempo do processo de tratamento das reclamações.

Resumindo, os drones e os dados aéreos não são uma ideia extravagante para o futuro, mas uma ferramenta já usada pelos principais participantes do setor segurador para mitigar os riscos e garantir uma posição de longo prazo no mercado. Por exemplo, a Allstate conta com drones para realizar inspeções de veículos e outros riscos seguráveis e tem realizado um PoC baseado na tecnologia de drones para melhorar e simplificar as reclamações de propriedade de catástrofes, que resultaram em melhorias no tempo de ciclo de 30% a 40% e na produtividade ajustada de 50 % a 60%. Outro exemplo é a Generali Assurance que utiliza drones para avaliar riscos e danos de seguros em seguros de propriedade, técnicos e agrícolas. A companhia acredita que a inserção de novas soluções poderá ajudá-la a se tornar mais competitiva no mercado de seguros.

Em suma, o uso da tecnologia de drones, juntamente com as análises avançadas de imagens, traz vários benefícios para o setor segurador, como:

A MAPFRE, em parceria com a PwC, realizou um PoC que provou o alto potencial das tecnologias de drones em seguros

Figura 7 Ortofotomapas da mina criada para a MAPFRE PoC

Juntamente com a PwC Drone Powered Solutions e a PwC da Espanha, a MAPFRE realizou uma prova de conceito para revelar o valor, a utilidade e a viabilidade dos drones e a análise avançada de imagens, como método para melhorar os processos de seguro dos clientes da MAPFRE no setor de mineração. Operações de drones foram realizadas sobre a área de resíduos, no sudoeste da Espanha. A aplicação dos drones e a análise avançada das imagens nos processos da MAPFRE tem sido aplicada para realizar análises espaciais automatizadas e complexas para acompanhamento de encostas de terreno e identificação de áreas de alto risco.

O escopo do projeto incluiu voos de drone fotogramétrico sobre uma área de mineração para a coleta de dados de imagens de encostas de terreno visando o processamento e a análise. Consequentemente, a partir dos voos, foram criados modelos 3D com precisão de até 1 cm de tamanho pixel Em seguida, a equipe da PwC DPS realizou análises espaciais com base em produtos fotogramétricos para gerar o mapa de inclinação e o mapa de avaliação de perigo. Por fim, a equipe do projeto aplicou análises avançadas de dados geoespaciais e gerou mapas de avaliação de inclinação e perigo, nos quais análises e medições avançadas podem ser facilmente realizadas por equipes de seguros.

Figura 8 Exemplo de mapa de avaliação de perigo construído pela equipe do projeto para a MAPFRE

Assim, o PoC revelou que os processos da MAPFRE se beneficiariam da integração da tecnologia de drones e das análises avançadas de imagens para garantir benefícios operacionais e financeiros no futuro.

 

Figura 9 Benefícios demonstrados durante o piloto da MAPFRE

Como resultado, a equipe do projeto acredita que os drones e as análises avançadas de dados de imagens são altamente valiosos para a gestão de riscos e processos de mitigação em ambientes de mineração para companhias de seguro, mas também podem ser replicados em outras indústrias, como petróleo e gás, construção civil, automotiva ou de ferro e aço, por exemplo.

Adotar a tecnologia de drones para influenciar e trazer mudanças para o setor segurador

O setor segurador precisa inovar e colocar os dados no centro do seu foco para superar novos desafios, manter o controle de custos e, ao mesmo tempo, garantir lucros a longo prazo. Várias entidades já estão preparando o caminho e estão integrando a tecnologia de drones em seus processos. Portanto, há um enorme potencial para a tecnologia de drones e as análises avançadas de dados de imagens para transformar profundamente o processo em toda a organização global da MAPFRE e desbloquear novas oportunidades de negócios. A pilotagem inicial e os casos de negócios resultantes são fundamentais para provar o valor da tecnologia e dos métodos para os principais interessados. A equipe do projeto piloto acredita que, no longo prazo, alavancar sinergias entre setores e territórios trará ainda mais valor e benefícios para a MAPFRE e seus clientes.

Uma transformação digital completa do setor segurador está em jogo para se beneficiar de tecnologias emergentes como os drones e cada vez mais da inteligência artificial. As companhias precisariam ajustar seus sistemas de TI, integrar soluções na nuvem e a fusão de dados entre departamentos seria chave. No entanto, quando as companhias de seguros conseguirem desbloquear esse potencial, elas abrirão um novo capítulo para o seu setor.

Está en juego la transformación digital completa del sector asegurador a través del aprovechamiento de las nuevas tecnologías como los drones, y, cada vez más, de la inteligencia artificial. Las entidades deberían adaptar sus sistemas de TI para integrar las soluciones en la nube; por otra parte, la fusión de datos entre departamentos será crucial. Así pues, cuando las aseguradoras abran la puerta a este potencial, empezarán a escribir un nuevo capítulo para el sector.

Sobre a PwC Drone Powered Solutions

A PwC Drone Powered Solutions (DPS) é um centro global de excelência global da PwC para tecnologias de drones e análise de dados de imagem estabelecida desde 2015 na Polônia. Juntamente com a consultoria em tecnologia e operações, fornecemos consultoria estratégica e regulatória para uma ampla gama de projetos relacionados a drones. Nossa equipe é composta por engenheiros de fotogrametria, especialistas em aprendizado de máquina, bem como consultores de estratégia experientes, e possui uma experiência única na área de aplicações comerciais de tecnologias de drones. Aproveitando nosso conhecimento, publicamos relatórios e artigos regularmente para fornecer liderança inovadora no setor.

Este centro de excelência trabalha muito perto da PwC local (como a PwC Spain) para oferecer os melhores resultados, combinando especialistas em negócios em mercados locais com os recursos mais experientes nessas tecnologias.

 

Para saber mais: https://www.pwc.pl/en/drone-powered-solutions.html e http://www.pwc.es

 

donwload pdf
By |2019-03-01T12:05:33+02:0001-03-2019|