O Serviço de Estudos apresenta o GIP-MAPFRE, o primeiro indicador global que medirá o potencial segurador dos diferentes mercados do planeta


 O índice de potencial de seguradora abrange a análise de 96 mercados seguradores (tanto desenvolvidos como emergentes). Implica praticamente a totalidade do prêmio de seguros, emitido globalmente, e será atualizado e divulgado anualmente, por parte do Serviço de Estudos da MAPFRE.

GIPO Serviço de Estudos da MAPFRE apresentou esta manhã o índice de potencial de seguradora GIP-MAPFRE, um novo indicador cujo objeto é medir o espaço segurável global, através da criação de uma métrica que, pela primeira vez a nível mundial, sintetiza os mercados que oferecem um maior potencial de seguradora a médio e longo prazo.

•A China encabeça o ranking de potencial, tanto em Vida como em Não Vida.

•Os EUA e a Índia estão entre os três primeiros postos em ambos os ramos.

•O novo índice será atualizado anualmente.

O GIP-MAPFRE foi apresentado em um evento onde participaram o Vice-presidente da MAPFRE, Ignacio Baeza (primeiro, da esquerda para a direita na fotografía), o diretor geral do Serviço de Estudos, Manuel Aguilera (derecha) e a presidente da Unespa, Pilar Gonzáles de Frutos (no meio).

“A falta de extensão dos mecanismos de garantia em uma sociedade é um fator que pode propiciar melhores níveis de eficiência econômica e menores níveis relativos de bem-estar social”, explicou Baeza. É precisamente em este marco que se inscreve o relatório que o Serviço de Estudos da MAPFRE preparou e que a Fundación MAPFRE publicou. González de Frutos, sob seu ponto de vista, defendeu a relevância do estudo, explicando que “por definição, uma economia e uma sociedade seguradas são mais eficientemente protegidas contra riscos do que aquelas que não são”.

A construção do indicador se baseia em estimativas do tamanho da Brecha de Proteção do Seguro (BPS) em diferentes mercados de seguros. A BPS representa a diferença existente entre a cobertura de seguros, que é economicamente necessária e benéfica para a sociedade, e a quantidade da cobertura mencionada, efetivamente adquirida. A BPS não é um conceito estático, mas é modificada em função do crescimento econômico e da população de um país, assim como do surgimento de novos riscos.

7 variáveis que caraterizam as condições de convergência

O GIP-MAPFRE é composto por 7 variáveis que caraterizam as condições de convergência ou o fecho da brecha de garantía:

  • Brecha de garantia inicial
  • Penetração (prêmios de seguro/PIB)
  • Elasticidade da demanda da seguradora no ciclo
  • PIB relativo per capita
  • Nível populacional
  • Brecha de crescimento populacional
  • Brecha de crescimento do PIB

Como explica Aguilera, o GIP-MAPFRE “identifica não só os fatores que ditam a dinâmica da geração da brecha de garantia em esses mercados, como também considera a capacidade de absorção da brecha de garantia em cada um deles”.

A partir deste elementos, foi apresentado o ranking do GIP-MAPFRE com os últimos dados disponíveis, correspondentes a 2017 (está prevista a publicação do ranking correspondente a 2018 nos próximos meses). Estes são os países que ocupam as primeiras posições em Vida e Não Vida:

donwload pdf
By |2019-04-23T12:07:50+02:0026-03-2019|